Descubra as consequências do estresse para o crescimento das unhas

Sabia que o estresse prejudica a saúde das suas unhas? Pois é! Se você tem a vida corrida, já deve ter percebido que esse esgotamento emocional reflete até mesmo no seu relacionamento com as pessoas.

Isso porque, muitas vezes, quando estamos estressados, mesmo sem perceber, descontamos as frustrações no outro. Afinal, um dos sinais do estresse é, justamente, a alteração do humor.

Além disso, essa tensão é responsável por estragar a pele, os cabelos e prejudicar o crescimento das unhas. Então, se você deseja ter lindas garras e não consegue alcançar esse objetivo, saiba que o estresse pode estar impedindo sua conquista.

Por esse motivo, trouxemos algumas informações importantes que você precisa conhecer para conseguir manter a saúde das suas unhas e garantir que elas fiquem bonitas e compridas. Acompanhe!

Efeitos do estresse nas unhas

Quando passamos por situações estressantes, costumamos nos alimentar de maneira errada, o que, sozinho, já faz mal ao organismo. Entretanto, durante o período de estresse, o corpo permanece em um constante estado de alerta.

Isso faz com que o organismo trabalhe muito rápido, fazendo com que os nutrientes não sejam absorvidos de maneira adequada, o que reflete diretamente na saúde das unhas, uma vez que ocorre uma deficiência dessas vitaminas.

Outro hábito muito comum de quem está estressado é o de roer as unhas. Geralmente, é involuntário, você coloca a mão na boca e, quando se dá conta, já está tudo roído. Essa ação acontece quando o corpo precisa aliviar as tensões, mas é péssima para a saúde das unhas.

Afinal, ela as enfraquece, além de deixar um aspecto ruim e pode até causar infecções, uma vez que você acaba ingerindo as sujeiras da unha — mesmo que elas não estejam visíveis.

Outros fatores que prejudicam o crescimento

Além do estresse, alguns fatores também colaboram para impedir o crescimento das unhas. Veja a seguir:

  • Uso de produtos de limpeza: esses materiais são bastante abrasivos, o que acaba prejudicando a saúde das unhas, deixando-as enfraquecidas e impossibilitando o crescimento;
  • Falta de vitaminas: alguns nutrientes são indispensáveis para o bom funcionamento do organismo. Nesse sentido, a carência deles reflete em problemas na pele, cabelos e unhas;
  • Uso excessivo de esmalte: embora saibamos que nossas garras não têm nariz, portanto, não respiram, utilizar esmaltes em excesso pode prejudicá-las. Por isso, é importante passar, pelo menos, alguns dias sem pintar para que as unhas descansem.

Como desestressar

Inúmeros fatores são responsáveis por provocar o estresse. Por isso, o primeiro passo é seguir algumas medidas para aliviar as tensões e, assim, garantir que o problema não atrapalhe o crescimento das suas unhas. Dessa forma, confira 3 maneiras de reduzir o estresse:

  • Praticar atividades físicas: fazer exercícios ajuda na liberação de endorfina, que é responsável pela sensação de prazer. Logo, isso vai amenizar as tensões e deixar você mais relaxada;
  • Dormir bem: um sono regulado colabora para que você tenha disposição e bom humor para lidar com os problemas do dia. Além disso, enquanto dormimos, nosso organismo reduz a produção de cortisol, o hormônio do estresse;
  • Ter um passatempo: é indispensável ter um hobby, algo que você sente prazer em estar fazendo, para se livrar das situações estressantes. Portanto, uma boa distração é fundamental.

Percebeu como o estresse pode ser ruim para a saúde? Em razão disso, apesar da correria, sempre tente tirar um tempinho para relaxar e cuidar de si mesma. Dessa maneira, você colabora com a sua saúde mental e garante o crescimento das unhas para que elas se transformem em verdadeiras garras, do jeitinho que você deseja!

E então, gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais e deixe todo mundo informado sobre os resultados que o estresse pode causar nas unhas!

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 + 18 =