Está com problemas de pele na quarentena? Descubra os motivos e quais cuidados tomar!

Durante a pandemia da COVID-19, notou que a sua pele tem apresentado alguns problemas? Você não está sozinha! Muita gente tem relatado que a cútis também vem sofrendo com o isolamento.

Isso porque, o fato de precisar ficar dentro de casa, ter que utilizar máscara o tempo inteiro, além de fatores como o desemprego, são agentes capazes de colaborar para que a saúde da cútis seja prejudicada.

Nesse sentido, é importante saber o que pode estar causando os problemas de pele na quarentena, a fim de buscar maneiras de cuidar e garantir a saúde da cútis. Acompanhe este post e entenda melhor sobre o assunto.

O que pode estar prejudicando a pele?

O isolamento social é uma situação que tende a nos deixar estressados. Isso acaba resultando em cenários de insônia e má alimentação, por exemplo, que danificam a nossa pele, provocando, ainda, problemas de autoestima.

Outras razões, aliadas ao estresse, podem estar sendo as responsáveis por prejudicar a saúde da sua cútis. Confira:

  • Dormir mal: as células da pele costumam se renovar enquanto dormimos, então, a partir do momento em que você não tem as horas de sono adequadas, sua cútis pode ser afetada. Além disso, os hormônios do estresse aumentam quando a noite é mal dormida;
  • Alimentação ruim: o estresse e ansiedade podem estar colaborando para que você não se alimente corretamente, pulando refeições e preferindo alimentos mais gordurosos, como os fast-foods;
  • Ansiedade: ela é capaz de ocasionar alterações hormonais, deixando o organismo mais suscetível aos problemas de pele;
  • Não beber água: uma vez que você passa o dia inteiro dentro de casa, pode estar esquecendo de se hidratar;
  • Falta de cuidados com a pele: não é porque você não está saindo, que deve relaxar com o skincare! O protetor solar, por exemplo, é muito importante ainda que não esteja se expondo ao sol, pois ele protege da luz visível também;
  • Uso de máscara suja: seja para ir ao mercado ou ao trabalho, entenda que é muito importante trocar as máscaras a cada duas horas e usá-las sempre limpas. Nada de reaproveitar aquela usada, ok?
  • Sedentarismo: durante a prática de exercícios físicos, o organismo libera hormônios responsáveis pela sensação de prazer, evitando, dessa maneira, o estresse. Portanto, quando você não faz atividades, está mais propensa a esse esgotamento mental.

Quais têm sido os problemas mais relatados?

Embora estejam tomando os devidos cuidados, algumas pessoas perceberam que eles não têm sido suficientes. Isso porque o estresse e a ansiedade costumam agravar os problemas de pele na quarentena. As reclamações mais recorrentes são:

  • Oleosidade;
  • Acne;
  • Psoríase;
  • Dermatite atópica.

Existem também relatos de acnes devido ao uso prolongado da máscara ou quando ela está suja — é a maskne, da junção das palavras “mask” (máscara, em inglês) e acne.

Como cuidar da pele na quarentena?

Antes de tudo, você precisa lembrar de ter uma alimentação equilibrada e beber muita água. Afinal, isso vai ajudar não apenas a sua pele, mas também vai fortalecer a sua imunidade e garantir que você não contraia o COVID-19.

Portanto, uma dica para manter-se hidratada é ter sempre uma garrafa cheia perto de você. Além disso, evite comidas industrializadas. É claro que, de vez em quando, não tem problema, contudo, não faça disso um hábito!

Ademais, dormir bem é extremamente importante para a saúde da sua pele! Então, procure ter as 8 horas de sono necessárias para o seu bem-estar mental e físico. Caso esteja com insônia devido ao estresse e ansiedade do isolamento, você pode procurar formas de aliviar a mente e desestressar, como a meditação, por exemplo.

Ainda, não pare com os cuidados! Continue lavando o rosto com sabonete facial, utilizando hidratantes, passando protetor solar, fazendo esfoliações e tudo o que estiver ao seu alcance. Dessa maneira, você evita que os problemas se agravem.

É fundamental manter o corpo em movimento também. Diga adeus ao sedentarismo! Ele não faz bem para a saúde e prejudica a sua pele. Logo, seja em casa, na academia ou ao ar livre, busque praticar atividades físicas! Elas são responsáveis por reduzir os níveis de estresse e liberar hormônios que promovem a sensação de prazer, impactando diretamente na saúde da cútis.

Por último, mas não menos importante: sempre higienize e troque suas máscaras! Quando você utiliza a máscara por muito tempo, o atrito pode acabar machucando o seu rosto. Por esse motivo, é essencial trocá-las a cada duas horas e lavá-las todas as vezes que terminar de usar, evitando, assim, a maskne.

Pronto! Agora que você conhece os fatores que podem estar causando os problemas de pele na quarentena, vai ficar muito mais fácil para tomar os devidos cuidados! Entretanto, se a situação persistir, visite o dermatologista. Assim, ele vai avaliar a sua cútis de uma maneira mais aprofundada, oferecendo soluções mais firmes.

Gostou deste post? Você também notou algum problema na sua pele durante a quarentena? Deixe o seu comentário!

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × 5 =