Queda capilar: descubra os fatores que podem estar comprometendo a saúde dos cabelos

Queda capilar: descubra os fatores que podem estar comprometendo a saúde dos cabelos

Você tem se preocupado com a queda dos seus cabelos? Calma! Primeiro, saiba que é completamente normal cair de 100 a 150 fios diariamente. Pois é! Por mais assustador que pareça, isso acontece porque nossas madeixas têm um ciclo de vida, que vão desde o crescimento, pausa e, então, a queda.

Talvez você esteja se questionando sobre esse número que, à primeira vista, parece realmente alarmante. No entanto, todos nós temos cerca de 100 mil fios, portanto, essa quantidade não é tão assustadora quanto aparenta.

Todavia, caso essa perca tenha se tornado excessiva, é importante prestar atenção. Afinal, isso não atrapalha apenas a estética, deixando os fios ralos e sem vida, mas também pode ser resultado de problemas de saúde, falta de vitaminas etc.

Neste artigo mostramos alguns fatores que influenciam a saúde dos cabelos e que você deve ficar de olho! Acompanhe.

Procedimentos químicos

Os procedimentos químicos agridem consideravelmente os cabelos, fragilizando os fios, deixando-os quebradiços e mais suscetíveis à queda. Colorações, descolorações, alisamentos, são algumas das principais causas que colaboram para a perda excessiva dos fios.

Geralmente, os produtos utilizados para alisar as madeixas são constituídos por substâncias bastante nocivas para os cabelos, como o formol, por exemplo, responsável por quebrar as ligações de enxofre entre os aminoácidos de queratina, transformando permanentemente a estrutura capilar.

Nesses casos, quando há a intenção de reverter esse cenário, não tem muito o que fazer. É preciso deixar os cabelos crescerem, abandonar a química, e cuidar muito para, então, cortar.

Para quem, mesmo assim, insiste em realizar os procedimentos, é fundamental se atentar a alguns pontos:

Observar os componentes e a qualidade do produto;

Hidratar o cabelo semanalmente;

Antes de utilizar qualquer química, sempre fazer o teste de mecha;

Respeitar o intervalo de tempo entre os procedimentos.

Estresse

Um dos maiores causadores da queda capilar, o estresse seja emocional ou físico — prejudica a saúde e ainda influencia nos cabelos. Isso porque, quando estamos estressados, nosso corpo fica em estado de alerta. Assim, o organismo libera substâncias que provocam a perda dos fios durante essas circunstâncias.

Divórcio, ansiedade, luto, depressão, preocupações, cobranças, tudo isso pode causar o esgotamento emocional e, consequentemente, colaborar para a queda dos cabelos. Nesses casos, a perda dos fios é temporária, dura apenas enquanto você estiver estressado. Então, para combater o problema capilar, basta controlar o estresse.

Pós-parto

Durante a gestação há um desequilíbrio hormonal. Nesse sentido, é comum que os cabelos fiquem brilhosos, sedosos e aquela queda natural, diminua. Porém, poucos meses após o nascimento do bebê, é completamente normal que a mãe presencie uma queda considerável dos fios.

Afinal, os hormônios estão se normalizando no organismo da mulher e, por isso, todo aquele cabelo que não caiu durante a gravidez, vai cair depois do parto. Além da queda, a calvície pós-parto também pode ocorrer. Mas não se desespere, ainda que demore um pouco, a perca de cabelos vai parar.

Alimentação

Ter uma má alimentação prejudica seu corpo de modo geral: as unhas ficam fracas, a pele fica feia, você fica mais vulnerável às doenças e a saúde dos cabelos também é comprometida.

A falta de uma dieta equilibrada pode resultar em uma deficiência de vitaminas e nutrientes importantes para manter o corpo saudável. Então, nem pense em seguir as dietas da moda e os jejuns indicados por falsos profissionais na internet. Se alimente corretamente e você evitará problemas como queda de cabelo e pontos de calvície.

Genética

Normalmente, o gênero masculino é o mais afetado por esse fator. Conhecido como calvície, esse problema genético é o pesadelo de muitos homens. Ele acontece quando os folículos pilosos são estimulados pela testosterona, o que reduz o ciclo de crescimento dos fios até que eles parem, definitivamente, de crescer.

Para essa situação, já existem inúmeros tratamentos estéticos que ajudam tanto no combate à calvície, quanto no crescimento de fios novos.

Enfim, perceber que os fios estão caindo de maneira excessiva causa um certo pânico, mas não adianta se desesperar, porque isso pode acabar agravando o caso. Portanto, agora que você já sabe os principais fatores que influenciam diretamente na saúde dos cabelos, será capaz de contornar a situação com mais tranquilidade.

Vale lembrar que, algumas vezes, ainda que a alimentação seja balanceada, existe a chance de o organismo não estar absorvendo os nutrientes da forma adequada. Nesse caso, você pode adicionar suplementos vitamínicos, como o Gummy Hair, à sua dieta.

Ele não substitui a alimentação, mas ajuda a complementá-la com as vitaminas importantes para o bom funcionamento dos órgãos e saúde capilar. Ademais, ao perceber o aumento da perda dos cabelos, não esqueça de consultar o dermatologista, pois é ele quem vai diagnosticar os motivos da queda.

Se você gostou deste conteúdo, compartilhe com seus amigos e colabore para que mais pessoas conheçam os fatores que influenciam na saúde dos cabelos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

12 + dezessete =

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support