Saiba quais são as mudanças mais comuns no corpo durante a gravidez

Saiba quais são as mudanças mais comuns no corpo durante a gravidez

Alguns sintomas da gravidez parecem preocupantes, mas na verdade eles são bastante comuns

Especialmente para as mamães de primeira viagem, se deparar com algumas alterações no corpo no período de gravidez pode ser assustador. São mudanças físicas e emocionais, que podem envolver o peso, dores ou até inconstâncias no humor.

Geralmente é possível sentir certas mudanças no primeiro semestre, mas cada mulher tem suas próprias experiências e os sintomas variam, já que não necessariamente acontecem com todas as mães. Contudo, é possível observar os efeitos mais comuns que alcançam a maioria delas.

Se você quer saber quais são essas mudanças e por que elas ocorrem, continue lendo esse artigo!

  • Tamanho dos seios

Uma das principais transformações ocorre nos seios. Eles vão se tornando maiores e mais macios por consequência do leite. As veias da região podem ficar mais visíveis e os mamilos, assim como a aureola (região ao redor do mamilo) também são afetados, em algumas mulheres ficam mais escuros e os mamilos mais proeminentes.

O desconforto nas mamas também é uma reação comum, elas ficam mais sensíveis e mais pesadas.

  • Sentir enjoo

Algumas grávidas não sofrem desse sintoma, mas em muitas delas é algo bastante normal de acontecer, especialmente na primeira gestação quando o corpo está não está preparado para as mudanças ocorridas. O enjoo matinal atinge a maioria das vezes as mamães nas 18 primeiras semanas.

Existem várias teorias sobre os motivos das náuseas, mas a principal delas seria uma reação do corpo pelo aumento do mais importante hormônio da gravidez, o HCG. Embora seja algo bastante desagradável, o enjoo traz benefícios para a saúde do bebê, ajudando no desenvolvimento dele.

  • Urinar frequentemente

Fazer xixi constantemente é normal no início da gravidez. Isso acontece porque a bexiga é comprimida pelo útero, já que ele aumenta para sustentar o bebê conforme ele cresce.

Além disso, a própria urina também sofre um aumento, pois o fluxo de sangue para os rins recebe um acréscimo, fazendo com que os rins produzam mais urina. Essa condição geralmente dura entre 9 a 16 semanas de gestação.

  • Cansaço

Para que o bebê possa se desenvolver, o organismo exigirá muita energia da grávida. Nesse período o coração passa a bombear mais rápido para que se produza mais sangue no corpo, provocando o cansaço e bastante sono.

Por isso, uma dica importante para todas as mães grávidas é estar sempre bem descansada, dormindo ao menos as 8 horas recomendadas por dia e tirando cochilos durante a tarde para repor as energias. Também evite fazer muito esforço físico.

  • Emoções sensíveis

As mudanças de humor podem ser constantes durante as primeiras semanas. Chorar com facilidade ou ficar bastante estressada por pequenas coisas são indícios de que as emoções estão à flor da pele. Isso surge por causa das variações hormonais na gestação, o que é bem comum.

Contudo, se a situação se mostrar alarmante, procure ajuda de um profissional da área psicologia para dar todo o suporte que você precisa. Nesses momentos, o apoio e compressão dos familiares e pessoas próximas é fundamental.

A gravidez é um momento mágico para muitas mulheres, mas também é coberto de dificuldades físicas e emocionais. Várias manifestações são muito comuns, por isso tente ao máximo se manter relaxada e longe de preocupações. Consulte sempre o seu médico, pois através do acompanhamento periódico ele saberá identificar aquilo que é normal ou alarmante.

Esse artigo foi útil? Comente o que achou! Também compartilhe nas suas redes sociais para que mais mamães grávidas fiquem despreocupadas e bem informadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

17 + treze =

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support